Diário de Viagem - Dia 11: Praça do Comércio e Castelo de São Jorge

26 de março de 2014

Nosso décimo primeiro dia foi em Lisboa. Queriamos conhecer dois pontos turísticos muito comentados na cidade. A Praça do Comércio juntamente com o Arco da Rua Augusta e o Castelo de São Jorge. 




                                 




A Praça do Comércio e Rua Augusta é um dos mais badalados lugares para se visitar em Lisboa. Repleto de restaurantes (os preços são mais altos, claro!) e de lojinhas de souvernirs, é um daqueles luigares para se passar a tarde. A Rua Augusta é uma rua de comércio e tem de tudo: desde lojas como Zara, até cafeterias, lanchonetes e similares. E tem que tá disposto a andar. É nessa rua que você vai encontrar aquelas pessoas que se pintam toda e ficam lá durante horas e horas como estátuas, pedintes que treinam seu cachorro para atrair a atenção dos que passa, e tudo o que você imaginar. Para se chegar a praça do comércio, você tem a opção de pegar um ônibus, ou como eles chamam, um autocarro, ou de trem (comboio). Meu conselho é: se puder ir a pé, vá. Se puder ir de carona, maravilha. Por que digo isso? Porque a passagem do autocarro, só de IDA, custa 2,85 euros. Alguém me diga qual o motivo de se pagar QUASE 10 REAIS num pedacinho de nada de viagem. Me lembro de na hora ter dito a minha mãe "E no Brasil ainda fazemos bagunça por causa de 20 centavos."

Depois do passeio pela Rua Augusta, subimos a pé até o Castelo de São Jorge, passando pelas ruas do famoso bairro de Alfama. 





O Castelo se localiza na parte alta da freguesia de Santa Maria e recebeu esse nome devido a São Jorge, padroeiro dos cavaleiros das cruzadas. O nome pode confundir um pouco e fazer a pessoa pensar que vai entrar num castelo, mas na verdade são só mulharas, como em diversos lugares que visitamos. De lá de cima, é possível ter uma vista da bela Lisboa. Também faz parte das atrações, museu arqueológico, além de contar com uma programação noturna aos sábados. A entrada é gratuita para os moradores do conselho de Lisboa. Já para os turistas, o ingresso custa 7,50 euros. 

E assim finalizamos mais um dia de viagem. Que dó em ver que játa acabando. Vai dando uma vontade de voltar lá só pra reviver cada pedacinho dos lugares. 

Esperam que estejam gostando e não deixem de acompanhar os últimos dias. 



OBS: Todas as fotos aqui postadas fazem parte da galeria registrada pela blogueira Isabela Carvalho. Aquelas que não forem, terão seu créditos devidamente divulgados abaixo da imagem




1 comentários:







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!